O único mandamento da 'grande comissão'

Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo... (Mt 28:19 – NVI – grifo do autor).

A ordem de Jesus Cristo é clara. É um mandamento carregado de toda a autoridade¹, com isso não há o que temer.

Em seu livro Discipulado Cristão Berndt D. Wolter diz que o verbo traduzido por ‘ide’ em nossas versões em português, no original grego é poreutentes e ele está no particípio, aoristo, passivo depoente, nominativo², e é a mesma forma que estão os verbos ‘batizando’ e ‘ensinando’. O único verbo que está no imperativo, aoristo, ativo é ‘fazei discípulos’ – mateteusate. Em outras palavras a única ordem do mandado evangélico de Jesus é “fazei discípulos.”



O mandamento já implica em multiplicação, mesmo não visando quantitativamente. Percebemos que não há outra maneira de multiplicarmos se não for através d’Ele, sendo primeiramente um discípulo. A multiplicação está presente em nossa vida, desde cedo. Veremos no vídeo (visto no canal do youtube de Evandro Sobrinho), de forma bem didática o mandamento de Jesus.






A resposta do discípulo não é uma confissão oral da fé em Jesus, mas sim um ato de obediência (Bonhoeffer)






¹ Mateus 28:18.
² Friberg, Barbara e Friberg, Timothy. Novo Testamento Grego Analítico. São Paulo: Sociedade Religiosa Edições Vida Nova, 1987, p.105.  




Por: Félix Martins Lírio